Se você tem um bom condicionamento físico e quer fazer um bate e volta, saiba que é possível fazer a trilha até a base das Torres del Paine (Mirador de Las Torres) em apenas um dia, saindo de Puerto Natales por volta das 7h e retornando às 22h. No entanto, prepare-se, pois a trilha é pesada e na Patagônia “o vento dita as regras”.

Sugiro que você leia: qual a melhor época para visitar o Parque Nacional das Torres del Paine

Assista o vídeo!

Meu roteiro de viagem para o Chile e Argentina

Este roteiro faz parte do mochilão de 17 dias que eu fiz sozinha saindo do Rio de Janeiro (Brasil) passando por Santiago, Punta Arenas, Puerto Natales, Parque Nacional das Torres del Paine (Chile) e terminando na Patagônia Argentina, onde visitei as cidades de El Calafate (Perito Moreno) e El Chaltén (Parque Nacional Los Glaciares).

A minha viagem começou por Santiago no Chile, onde fiquei por oito dias conhecendo alguns atrativos da região, como: Laguna del Inca na Cordilheira dos Andes, Vale Nevado, Cajon del Maipo e Embalse el Yeso.

Em Santiago fui recebida pela agência de turismo Seu Guia No Chile, uma agência que atende exclusivamente brasileiros no Chile.

Em Santiago o valor pago pelos passeios é padrão entre todas as agências que trabalham de forma legal no país, vale a pena você fechar com antecedência e barganhar valores.

Faça aqui a sua pesquisa de passagem aérea!
Seguros Promo

O que levar para Torres del Paine – checklist

Nesta viagem para a Patagônia Chilena e Argentina a minha única certeza era que na minha mochila tinha tudo que eu precisava. Por isso, eu compartilho com você um checklist com o que levar para Patagônia, incluindo equipamentos de camping, roupas de frio e dicas de alimentação na trilha

Baixe aqui o Checklist completo para Patagônia

Torres del Paine, quando ir?

O parque impressiona a todos pela sua beleza e paisagens, mas é importante se programar com antecedência e saber qual é a melhor época para visitar a região.

Saiba que em algumas épocas do ano algumas trilhas ficam fechadas, principalmente na parte alta, onde é realizado o circuito O, por causa do maior acúmulo de neve. Por isso, leia o artigo sobre qual a melhor época para visitar Torres del Paine para programar a sua viagem.

Onde fica Torres del Paine / Chile

O Parque Nacional Torres del Paine fica no Sul do Chile (Patagônia) e ocupa uma área de aproximadamente 242.000 hectares.

O parque destaca-se por suas incríveis paisagens e belezas naturais, sendo um dos destinos mais procurados na Patagônia Chilena.

Os seus principais atrativos são: base das Torres del Paine, Vale do Francês e Glaciar Gray. Além disso, o parque também chama a atenção pelos incríveis circuitos de trekking, como o circuito O e o circuito W.

Como ir para Torres del Paine | Chile

Existem duas opções para você chegar a Torres del Paine: indo por Santiago (Chile) ou por Buenos Aires (Argentina).

Desse modo, se desejar ir pela Argentina, você tem que comprar passagem para El Calafate. Há vôos do Brasil direto para Calafate, porém com escala em Buenos Aires.

Mas se deseja ir pelo Chile, você tem que comprar passagem para Punta Arenas. Há vôos do Brasil direto para Punta Arenas, porém com escala em Santiago.

Aeroporto Torres del Paine

A cidade mais próxima do Parque Nacional Torres del Paine é Puerto Natales, porém os aeroportos mais próximos ficam em El Calafate (lado Argentino) e Punta Arenas (lado Chileno).

Após chegar no aeroporto em Calafate (Argentina) ou em Punta Arenas (Chile) você deve seguir para Puerto Natales, cidade base para quem deseja visitar Torres del Paine.

Neste artigo eu vou falar sobre como ir de Santiago até Torres del Paine, porque foi este o roteiro que eu fiz.

Como ir de Santiago para Torres del Paine / Chile

Já vimos que a cidade mais próxima do Parque Nacional Torres del Paine é Puerto Natales, localizada a cerca de 129 km da entrada principal do parque (Laguna Amarga). Porém, o aeroporto fica na cidade de Punta Arenas.

Desse modo, a sua passagem de avião deve ser comprada para a cidade de Punta Arenas, aeroporto Internacional Carlos Ibánez del Campo (PUQ)

De Santiago até Punta Arenas no Chile

A viagem, saindo de Santiago até Punta Arenas, demora pouco mais de três horas de avião. Eu cheguei ao aeroporto por volta das 20h e não tinha mais ônibus para Puerto Natales, sendo assim, tive que dormir no aeroporto e pegar o primeiro ônibus no dia seguinte, às 7h, para Puerto Natales.

De Punta Arenas até Puerto Natales no Chile

No Aeroporto, em Punta Arenas, você pode comprar a sua passagem de ônibus para Puerto Natales.

De Punta Arenas até Puerto Natales a viagem dura cerca de três horas de ônibus.

Uma dica é comprar a passagem de ônibus de Punta Arenas para Puerto Natales com antecedência pelo site www.bussur.com ou www.busesfernandez.com/

Quanto custa a passagem aérea?

Ainda no Brasil eu pesquisei a passagem de avião do Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez (SCL) em Santiago para o Aeroporto Pres Ibanez, Punta Arenas, Chile (PUQ).

Comprando com antecedência de 15 dias o preço médio da passagem era de R$600 (em 2018), mas por questões de logística, deixei para comprar dois dias antes da minha viagem para Torres del Paine, por isso paguei um valor mais alto, média de R$900.

Faça aqui a pesquisa da sua passagem aérea e compre antecipado: www.passagenspromo.com.br

Mochila de 45 litros passa pela bagagem de mão?

Essa é uma das perguntas que eu sempre recebo no meu instagram, por isso resolvi incluir neste artigo algumas informações com base na minha experiência e pesquisa realizada com outros aventureiros no site mochileiros.com.

Nesta viagem eu usei a mochila da Deuter Aircontact 45+10 litros, mas despachei a bagagem por causa do peso extra e alguns equipamentos de trekking que não podiam ir na bagagem de mão. Entretanto, já usei em diferentes voos nacionais e não tive problemas com o tamanho da mochila, consegui despachar tranquilamente como bagagem de mão.

Certamente que alguns cuidados devem ser levados em consideração, como por exemplo: comprimir ao máximo a mochila na hora do embarque, vestir as roupas mais volumosas e não usar a capacidade máxima da mochila.

A mochila da Deuter tem 45 litros tem um avanço com mais 10 litros, total de 55 litros de capacidade, mas para não ter problemas eu uso a capacidade de até 45 litros no máximo.

Mochila Deuter SL Aircontact Lite feminina 45+10

Preço médio de R$ 1.300,00

 

 

 

 

Onde se hospedar em Puerto Natales

Uma boa opção para quem pretende fazer bate e volta até o Parque Nacional Torres del Paine é ficar hospedado próximo ao terminal rodoviário. Porém, a parte ruim é que o terminal rodoviário fica quase 30 minutos de caminhada do centro, onde estão os principais restaurantes, mercados e lojas. Ainda assim, acho que é uma ótima opção.

Eu indico a Hospedaje Don Pedro, que fica a 5 minutos do terminal rodoviário, uma excelente escolha para quem pretende fazer outros passeios de bate e volta até o parque.

Faça aqui a sua pesquisa de hospedagem!



Booking.com

Precisa de guia para Torres del Paine / Chile

No hostel, em Puerto Natales, tive a indicação de um guia que me cobrou R$170 pelo guiamento do bate e volta até a base (mirador) das Torres del Paine, mas optei por fazer sozinha. Decerto, foi a melhor opção que eu fiz!

No entanto, se deseja fazer os circuitos do W ou O sugiro que contrate um guia porque são trilhas mais longas e distantes. O circuito do W são aproximadamente 4 a 5 dias, que percorre 76 km, já o o circuito do O são aproximadamente 7 a 10 dias, que percorre 93 km.

A trilha é autoguiada, bem marcada e na entrada do Parque Nacional das Torres del Paine você recebe um mapa da trilha.

Além disso, os ônibus chegam de Puerto Natales na entrada do parque (Laguna Amarga) por volta das 9h da manhã, ou seja, este horário é muito movimentado por turistas que optam por fazer a trilha em um dia (full day) e pelos aventureiros que seguem para o trekking do circuito W ou O.

Contudo, na volta da trilha eu sai da rota principal e segui por outra trilha em sentido oposto, saindo do meu percurso por mais ou menos 2h. São várias trilhas e em alguns trechos, por causa do terreno acidentado, a orientação não é muito clara.

A minha dica é que você siga os pitocos de madeira (sinalização) e sempre olhe o mapa, uma pequena distração (e são várias) você pode pegar a trilha errada, assim como eu.

Apesar de não ter usado, eu aconselho baixar o aplicativo Wikiloc e usar na sua viagem. Lembre-se de usar a versão paga (R$14), porque neste caso você consegue baixar o mapa da trilha, traçar o seu percurso e usar quando estiver off-line.

Vale lembrar que você deve baixar o mapa quando estiver on-line para usar quando estiver off-line.

Reservas e ingressos para o Parque Nacional das Torres del Paine

Não é necessário fazer reservas ou comprar ingressos antecipados para visitar o Parque Torres del Paine em um dia (bate e volta).

A entrada do parque na alta temporada custa 21.000CLP o que converte em mais ou menos R$106,00.

Além disso, vale lembrar que o passe tem validade de três dias, ou seja, você pode retornar (até três vezes) e não precisa pagar novamente a entrada.

Se ficou com alguma dúvida, veja aqui a tabela atualizada com os valores.

Agora, já para o pernoite em acampamentos ou abrigos de montanhas, é obrigatório ter reservas antecipadas. Veja aqui!

Mapa da trilha até o Mirador de las Torres | Torres del Paine

Trilha até a base Torres del Paine – bate e volta

 

O ônibus sai de Puerto Natales às 7h e chega em Torres del Paine, portaria Laguna Amarga, por volta das 9h. O retorno para Puerto Natales é por volta das 19h, portanto esse é o tempo que você tem para fazer a trilha e voltar.

Ao chegar na entrada da Laguna Amarga, você deve preencher uma ficha, pagar a entrada, aguardar as orientações de segurança e o mapa da trilha.

Da portaria da Laguna Amarga até a entrada da trilha são mais 5km, porém tem a opção de pegar um transfer até o acampamento Las Torres.

Quando eu fui à viagem, o transfer custava cerca de 6.000CLP (ida e volta), o que converte em mais ou menos R$34..

Portaria Laguna Amarga – Parque Nacional Torres del Paine

  • Acampamento Las Torres até o acampamento chileno

Comecei a trilha por volta das 11h, onde foram cerca de 2h até o acampamento chileno. A primeira parte da trilha é bem puxada e íngreme, com trechos expostos no final, mas o grande desafio são os ventos fortes da Patagônia.

Sendo assim, fique bastante atento, pois nessa parte a corrente de ar é bem forte e os ventos são mais intensos. Por isso, sempre recomendo uso do bastão de caminhada, um equipamento essencial para dar apoio, equilibro e sustentação.

Acampamento chileno / Torres del Paine 

  • Acampamento Chileno até Guarderia Torres

Durante a caminhada, fiz uma parada no acampamento chileno para lanchar e ir ao banheiro ($1,00 dólar).

Após conversar com o abrigueiro e ouvir as suas dicas, pensei na possibilidade de retornar com mais calma e fazer o nascer do Sol na base das Torres. No entanto, para isso eu precisava ver na entrada do parque a disponibilidade de vaga no acampamento Chileno.

Sabemos que para acampar no parque só é possível com reserva antecipada. Porém, resolvi tentar a sorte e pensei que esse seria o meu “plano B”, afinal, já estava bem tarde e o tempo não estava colaborando.

Após a conversa com o abrigueiro, comecei a segunda parte da trilha. Ao total, foram mais ou menos 1h30min de trilha leve, um clima bem agradável, muita vegetação e pontos d’água. Neste momento, não tinha mais ventos e as árvores faziam sombras.

  • Guarderia até o mirador base Torres del Paine

A última subida é um trepa-trepa sem fim, com várias pedras enormes e, entra elas, as marcações da trilha. Neste momento, o desespero maior era com o tempo, afinal, tinha que estar de volta às 19h para pegar o último ônibus de volta para Puerto Natales.

Chegada à base das Torres del Paine | Chile

Até que enfim, o momento tão aguardado! Cheguei ao mirador base das Torres del Paine no final da tarde.

Como a luz já não era tão favorável, fiquei apenas 10 minutos porque o tempo estava curto e eu precisava pegar o último ônibus de volta para Puerto Natales, às 19h.

Na portaria consegui consegui uma vaga no camping do abrigo chileno, o que me permitou retornar ao parque com mais calma e curtir com mais tempo os atrativos.

*essa foto foi tirada no amanhecer, quando retornei pela segunda vez, mas dessa vez acampei no parque.

Sobre o bate e volta até a base das Torres del Paine

Por mais que a viagem seja maravilhosa, achei que fica muito corrido fazer o Mirador Base de Las Torres em um dia saindo de Puerto Natales e retornando no mesmo dia. Por isso, acho que vale tentar passar pelo menos uma noite no parque.

Além disso, são vários ônibus chegando com turistas e a maioria com o mesmo objetivo, fazer a base das Torres del Paine. Imagina como fica o lugar no horário de pico? Lotado!

O ônibus chega no na entrada do Parque Laguna Amarga por volta das 9h, até você começar a trilha já são 10h, mas no meu caso foi às 11h. O tempo estimado da trilha ida e volta são 7h. O último ônibus de retorno para Puerto Natales sai às 19h da entrada do parque. Ou seja, tudo muito corrido e, ao longo do percurso vai dando o maior desespero de perder o ônibus de volta.

Vale lembrar que o tempo é imprevisível e venta muito, o que deixa tudo mais lento e cauteloso.

Mas se essa for a sua única opção, vale muito a pena fazer. No meu caso, além do tempo ruim que deixou o trekking mais lento, eu perdi muito tempo na entrada do parque e isso me atrasou em mais ou menos 1h, outro ponto negativo foi o tempo que eu perdi no acampamento chileno conversando com os abrigueiros (rs).

Então, se pretende fazer esse bate e volta, vai com foco no objetivo e calcula o tempo estimando informado no mapa do parque.

O que eu indico fazer

Para fazer tudo com mais calma e aproveitar a jornada, sugiro você fazer um pernoite no camping do abrigo chileno (ou outro próximo) e ficar dois dias no parque. Mas, sabemos que para o pernoite nos acampamentos ou abrigos é obrigatório fazer reservas antecipadas com até dois meses de antecedência (principalmente entre dezembro e janeiro).

Eu consegui reservar o abrigo chileno na entrada do parque e retornei para fazer novamente as Torres del Paine e algumas caminhadas no entorno.

Ao chegar em Puerto Natales, sugiro perguntar na rodoviária onde comprar ingressos para o camping no parque, de acordo com as atendentes essa reserva também é possível fazer na cidade.

No entanto, se deseja comprar ingressos para fazer os circuitos W ou O que são vários dias, sugiro comprar no site com muita antecedência (mínimo de dois meses).

Se você gostou desse artigo, não se esqueça de compartilhar em suas redes sociais e comentar abaixo com as suas dúvidas ou sugestões! Ficarei feliz em saber a sua opinião!

Acompanhe o meu Instagram e Youtube , estou sempre dando várias dicas por lá 😉

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Montanha | Trekking | Escalada (@vivianctelles) em

Descontos:

 

Calcule o preço do seu seguro viagem e tenha uma viagem mais tranquila e sem preocupação

20 Comments

  • Avatar
    Renata
    Posted 3 de janeiro de 2019 22:16 0Likes

    Tudo perfeito, bem explicadinho q lugar lindo. Vc uma corajosa como sempre 👏🏻👏🏻 Obrigada sempre pelas dicas e q Deus continue te abençoando na sua vida e nas suas aventuras! Sucesso Vivi 💪🏼🌹😘😘

    • Avatar
      Vivian
      Posted 13 de janeiro de 2019 16:59 0Likes

      Renata, muito obrigada pelo seu comentário e incentivo! Pra mim a viagem só termina quando eu consigo transmitir o que eu aprendi, informar quem deseja fazer o mesmo e incentivar o próximo a conquistar os seus sonhos e desejos, porque se eu consegui, você também consegue! Tá tudo pronto, só seguir o “mapa” hehehe

  • Avatar
    Emerson Golinelli
    Posted 3 de janeiro de 2019 23:29 0Likes

    Excelente conteúdo, bastante dica que ajuda muito a quem quer fazer essas viagens. Parabéns!

    • Avatar
      Vivian
      Posted 13 de janeiro de 2019 16:53 0Likes

      Obrigada Emerson! Essa semana tem mais novidades aqui e no meu canal do Youtube/viviantelles 😉

  • Avatar
    Karina Lira
    Posted 13 de janeiro de 2019 13:02 0Likes

    Estou com viagem marcada para Patagonia e desejo muito fazer essa trilha bate e volta, e de todos os post que li, esse esclarece muito e o vídeo foi a cereja do bolo. Maravilhoso! Caso, não tenha a mesma sorte que você com relação à reserva consigo voltar a tempo de pegar o ônibus?

    • Avatar
      Vivian
      Posted 13 de janeiro de 2019 16:53 0Likes

      Olá Karine, tudo bem? Obrigada pelo seu comentário!;) Eu também tive a mesma dificuldade quando fui procurar informações sobre o bate e volta, por isso fiz questão de deixar tudo bem explicado e filmar todos os detalhes, mas ainda tem mais post para entrar aqui na Revista (fica de olho) ;). Sobre o bate e volta você consegue voltar a tempo de pegar o ônibus, mas dependendo das circunstancias do tempo (vento, neve, chuva etc) pode acontecer de ficar mais corrido,porém o tempo é suficiente (se você tem um bom condicionamento físico), no meu caso o problema foi o vento forte e o fato de parar para fotografar e filmar, por isso senti necessidade de voltar com calma (para curtir) e por sorte consegui essa vaga.

  • Avatar
    Vanessa Leal
    Posted 22 de outubro de 2019 10:49 0Likes

    Olá Vivian! Tudo bem?
    Nossa que corajosa… me incentivou e muito lendo aqui suas aventuras sozinha, estou indo agora em fevereiro sozinha também fazer um mochilão pelo Chile/ Argentina: Santiago, Atacama, Bariloche e Patagônia Chilena… e claro que as Torres del Paine está no meu roteiro… obrigado pelas dicas! E agora estou até pensando em pernoitar no Parque, adoro acampar… o receio lá é somente de estar sozinha, mas vou ler como foi sua noite por lá…. a ver se me incentiva! Deus abençoe sua vida! Qual foi o mês que você viajou, dezembro passado? E o tempo lá… Muito frio mesmo no verão?

  • Avatar
    Marina
    Posted 30 de dezembro de 2019 10:23 0Likes

    Vivian, amei o vídeo e as explicações. Já estou em Puerto Natales e Vou amanhã cedo fazer a trilha. A bus sur tá com um ônibus novo que volta as 21:00, então eu to mais tranquila de não precisar correr tanto. Espero que seja maravilhoso. Muito obrigada por compartilhar sua experiência conosco 😊

    • Avatar
      Vivian Telles
      Posted 24 de janeiro de 2020 11:42 0Likes

      Olá Marina, obrigada pela sua mensagem e informação! Foi ótima essa notícia, porque realmente fica muito corrido esse bate e volta! Sabe me dizer se vai manter assim ou foi só para o período de maior movimento no parque?

  • Avatar
    Marcela de Andrade
    Posted 7 de janeiro de 2020 13:12 0Likes

    Vivian, amei seu relato. Estava pensando em sair de El calafate e dormir em Puerto Natales para no dia seguinte ir até base de TDP e voltar para Puerto Natales no mesmo dia. Assim aproveitaria mais uns dias sem ter que fazer as excursões bate e volte de El Calafate. Mas sua orientação sobre horário de chegada e partida do ônibus (PN->TDP; TDP->PN) foram muitos úteis e me fez repensar. O bom é começar a trilha cedinho e poder observar o caminho com calma, pra se encantar com tudo ali …. Gratidão. e que bom que deu tudo certo e você conseguiu fazer a trilha de novo s2.

    • Avatar
      Vivian Telles
      Posted 24 de janeiro de 2020 11:52 0Likes

      Olá Marcela, que bom que vc curtiu o relato e deixou o seu feedback. Esse tipo de comentário me ajuda muito, tanto para motivar quanto para saber com qual informação eu ajudei. 😉 Soube que agora tem ônibus de volta até mais tarde (21h). Bem melhor. né

  • Avatar
    Nani
    Posted 8 de janeiro de 2020 17:55 0Likes

    Adorei a ideia de um pernoite no parque. Estava quebrando a cabeça pq terei pouco tempo (não dando para fazer os circuitos W/O), mas com receio de não aproveitar fazendo o Full Day. Obrigada.

    • Avatar
      Vivian Telles
      Posted 24 de janeiro de 2020 12:31 0Likes

      Olá, Nani. Que bom que a informação foi útil! Depois leia os comentários aqui no post, a Marina disse que tem ônibus de volta para Puerto Natales às 21h. Que ótimo, né?

  • Avatar
    Alex
    Posted 18 de janeiro de 2020 12:08 0Likes

    Olá Vivan. Qual foi o mês de sua viagem? Qual sua opinião sobre o mês de março?
    Grato
    Alex

  • Avatar
    Tatiana Navarro
    Posted 20 de janeiro de 2020 22:20 0Likes

    Oi Vivi, amei o post. Super detalhista. Estou indo sozinha para Patagônia daqui um mês. Reservei um Hostel mas acabei de descobrir que precisaria alugar um carro para ficar nele. Então minha opção será fazer o bate e volta, mas estou realmente pensando nessa pernoite no parque. Não achei o post sobre isso. Pode me ajudar?

    • Avatar
      Vivian Telles
      Posted 24 de janeiro de 2020 14:22 0Likes

      Olá Tatiane, tudo bem? Eu fiquei um Puerto Natales e fui para o parque de ônibus, se está sozinha sugiro fazer o mesmo, com que já faz amizades e interage com o pessoal. Ainda não escrevi sobre o artigo, mas pretendo fazer um vídeo explicando ainda esse mês. Quando é a sua viagem?

  • Avatar
    Clayton de Andrade
    Posted 20 de janeiro de 2020 23:22 0Likes

    Ola Vivian, muito bacana sua viagem. Poderia me ajudar com algumas duvidas? Estou indo para El Calafate, minha programação é apos chegar no aeroporto seguir direto para Puerto Natales. Sair bem cedo para Torres del Paine de Carro, entre 6 e 7. O trecho que vc pegou o transfer para Las Torres é possível fazer de carro locado ou apenas com o tranfer? Ou conseguiria chegar com o carro apenas em Laguna Amarga? Vou encontrar muita dificuldade em fazer a trilha sem um Guia?

    Muito Obrigado,

    • Avatar
      Vivian Telles
      Posted 24 de janeiro de 2020 14:32 0Likes

      Olá Clayton, tudo bem? Até a Laguna Amarga, que é a entrada do parque, é possível ir de carro, depois disso não tenho certeza!. Sugiro chegar lá na hora e verificar, depois volta aqui e me conta, por favor! hehehe Assim podemos ajudar outras pessoas com mesma dúvida! 😉
      Se você está acostumado a fazer trilhas, não tem problema nenhum e não vejo a necessidade de guia. Pegue um mapa e fique atento nas bifurcações, segue a cor do “pitoco de madeira”. Essa época o parque fica bem cheio, qualquer dúvida é só pedir ajuda! Fique ligado no caminho, no início são várias trilhas se cruzando!

Deixe seu comentário