Conhecer os principais nós de escalada e saber como utilizá-los é essencial para a segurança de todo escalador, por isso, listamos abaixo uma sequência com os principais nós de escalada para você treinar e se aperfeiçoar.

Observações importantes:

Treinando na Urca / RJ com a Erica Quintas

Depois de aprender como amarrar os nós de escalada, certifique-se de pedir a alguém experiente para verificá-los antes de começar a usá-los na via.

Lembre-se que um erro pode ser fatal e você não terá uma segunda chance, ler as instruções deste artigo e treinar sozinho não lhe qualifica para usá-los em cenários reais de escalada.

Foto do instrutor de escalada Thiago Telles

Antes de colocar em prática, se informe com um profissional experiente e pratique muito até atingir a perfeição em cada nó!

  • O escalador deve ser capaz de fazer cada nó com perfeição e identificar vários nós envolvidos numa ascensão de montanha;
  • Durante uma escalada, os nós estão presentes em diversas situações: auto seguro, ancoragens, segurança do participante, rapel, manobras de resgate, etc;
  • O primeiro movimento daquele que tem interesse pela escalada em rocha deve ser a realização de um curso básico, que irá desenvolver as competências mínimas e necessárias para participar de uma cordada.
  • Deseja fazer um curso básico de escalada? Clique aqui e fale com um instrutor certificado AGUIPERJ

Apresentamos nos vídeos ano vídeo a seguir um tutorial contendo os principais nós utilizados no montanhismo.

Este tutorial foi elaborado em parceria com o Instrutor de escalada Thiago Telles .

1. Nó oito guiado

Utilizado para o encordoamento dos escaladores pela ponta da corda. O nó da figura oito é o primeiro nó de escalada que você precisará aprender. E você vai usá-lo todas as vezes que for escalar com uma corda, então vale a pena treinar este nó até você conseguir atingir a perfeição.

2. Nó azelha de oito (oito duplo) ou azelha de nove

Utilizado para encordoamento (com mosquetões), içamento de cargas e fixação de cordas em ancoragens. Mais indicados do que o AZELHA SIMPLES, pois comprometem menos a resistência da corda e são mais fáceis para desatar.

3. Nó azelha simples

Utilizado para fixar cordas e suspender cargas. Por ter apenas uma volta, este nó causa maior perda de resistência na corda e pode ser difícil de ser desfeito.

4. Nó UIAA ou Nó dinâmico

O nó UIAA ou nó dinâmico pode ser usado como freio para dar segurança durante a escalada, e se você perder seu freio este nó também pode ser usado como freio durante um rapel.

5. Nó volta do fiel

A volta do fiel é um nó de escalada bem simples, mas extremamente seguro e versátil. É um nó excelente para fazer a ancoragem, permitindo que você se amarre com segurança na posição perfeita para depois montar a parada.

  • Notas:
  • Nó utilizado para fixar cordas (ancoragem);
  • Para ajustar a posição do nó na corda, basta soltá-lo, deixar a corda deslizar através do mosquetão até a nova posição e colocar tensão para apertar.

6. Nó prussik

Nó blocante utilizado, principalmente, para a ascensão em corda fixa.

Nós prussik são pontos de fricção que se agarram à corda quando o peso é aplicado. Quando não há tensão passando pelo nó, ele pode deslizar para cima e para baixo em uma corda estática com facilidade.

7. Nós blocante ou machard  (rapel)

O Autoblock é um nó de fricção rápida e fácil de amarrar que pode prender em qualquer direção. É mais comumente usado para fazer backup no rapel, dando mais segurança e eficiência ao escalador.

8. Nó boca de lobo

Por ser fácil de desatar, na escalada é utilizado para fixar fitas/cordas nos pontos de ancoragem.

9. Nó borboleta alpino

Na escalada o nó borboleta alpino é utilizado, fundamentalmente, pra encordoamento de um participante no seio (meio) da corda. Também utilizado para distribuição de tensão na divisão das direções numa ancoragem.

10. Nó pescador duplo

Utilizado para fechamento de anel de cordelete e indicado para emenda de duas cordas com diâmetros diferentes.

Galeria de fotos escalada:

Me companhe no instagram @vivianctelles

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Montanha | Trekking | Escalada (@vivianctelles) em

2 Comments

Deixe seu comentário