Outubro rosa, o mês de conscientização sobre a importância da detecção precoce do câncer.

Eu nunca me manifestei nas campanhas anteriores levando para o lado pessoal (minha experiência).

Porém, em julho de 2020 eu criei coragem e fiz uma live no instagram falando sobre a minha vida e essa era um dos assuntos. Até então, apenas os parentes e amigos mais próximos sabiam dessa história.

Minha experiência com câncer

Até hoje é difícil falar ou escrever sobre o assunto. Além do sentimento em reviver tudo o que aconteceu eu sei que ainda existem preconceitos e falta de informações com relação a doença.

Infelizmente muitos acreditam que a reação psicológica causada por causa do trauma é irreversível.

Porém, pra mim foi exatamente o contrário. Neste momento eu parei de viver de morta e repensei nos meus passos e minha vida voltando com mais força e com a mente mais forte do que antes.

De fato, eu sei que com a minha história eu posso ajudar muitas outras mulheres (e homens), trazendo e expondo a minha experiência em apoio a campanha “se toca mulher”.

A importância da prevenção e auto cuidado na luta contra o câncer

Visto que nos estágios iniciais a doença é assintomática, escutar o seu corpo pode ser um grande passo para a cura.

O meu corpo começou a dar os sinais um ano antes do diagnóstico.

Eu sabia que algo não estava bem comigo. Mas por causa da vida corrida no trabalho, faculdade e os compromissos eu sempre deixava para me cuidar depois. No fundo EU NUNCA imaginei que isso fosse acontecer comigo.

Mas aconteceu!

Qual conselho eu daria para mim?

SE EU PUDESSE voltar no tempo e dar um conselho pra mim, ele seria: conheça e escute o seu corpo, ele sempre dá sinais quando algo não está normal. Se toca!

Se proteja, se cuida e coloque sempre a sua vida e o seu bem-estar em primeiro lugar.

Se tiver alguma dúvida sobre o meu processo de cura, deixa aqui a sua mensagem ou me manda um direct no instagram @viviactelles

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Montanha | Trekking | Escalada (@vivianctelles) em

Deixe seu comentário