No universo da escalada em rocha existe espaço para diversas técnicas e também estilos de escalada. Neste artigo você vai saber um pouco mais sobre a técnica de oposição.

Artigo escrito por Thiago Telles, instrutor de escalada AGUIPERJ

Técnicas e estilos da escalada em rocha

Quando observamos as características predominantes de uma via – positiva, negativa, fenda, chaminé, por exemplo – estamos falando do estilo de escalada.

Já ao pensarmos nas habilidades e na construção dos movimentos para escalar uma parede, estamos falando sobre a técnica exigida para maior eficiência e eficácia.

Leia também: Conheça os 10 principais nós de escalada que todo escalador precisa saber

Escalada em oposição como funciona

Os diferentes tamanhos e formatos das agarras determinam a maneira como pegamos e pisamos na parede. Porém, nem só das mãos e pés vive um bom escalador.

Decerto, o posicionamento corporal, além de fundamental para alguns lances, também diminui a sobrecarga nos braços e pernas. Ou seja, otimiza o uso da energia e diminui o desgaste durante a escalada.

A técnica de oposição durante uma escalada talvez seja o maior exemplo de movimentação corporal.

Essa técnica é utilizada principalmente em fendas e arestas onde a disposição das agarras sugere ao corpo que, utilizando do seu próprio peso, se projete na direção oposta, o que lembra a estética dos movimentos de uma dança.

Onde fazer o curso básico de escalada?

Esse tipo de técnica em oposição você aprende em uma das no curso básico de escalada.

Entre em contato para mais informações com Thiago Telles

Como chegar no Platô da Lagoa?

A via Lábios fica no Platô da lagoa, um lindo setor de escalada esportiva localizado no Rio de Janeiro.

Como chegar no Platô da Lagoa? O acesso se dá pela Av. Epitácio Pessoa e, depois, subindo-se pela Rua Tabatinguera, na região da Lagoa Rodrigo de Freitas.

A entrada da trilha fica no ponto mais alto da ladeira, após um pequeno estacionamento e antes da garagem de uma casa.

Basta subir uma pequena mureta e seguir margeando um grande bloco de pedra, por cerca de 5 metros, para depois virar para à esquerda e, na sequência, subir gradativamente em diagonal para a esquerda. Em aproximadamente 5 minutos, é possível acessar a grande laje de cimento característica desse setor.

Fonte: Escaladas Clássicas

Deixe seu comentário